Amamentação – de peito aberto

Amamentação – de peito aberto

Quando minha querida amiga Bakana me pediu para escrever este post para o blog, milhares de ideias surgiram.

Como estamos comemorando a semana da amamentação nada melhor do que um papo de peito aberto, de uma mamãe de primeira viagem.

Durante toda gestação pensamos em vários detalhes, decoração, cinta pós-parto, melhor médico, carrinho, enxoval entre mil outras coisas.

A preparação para a amamentação.

A única coisa que talvez não pensamos a fundo acabamos deixando de lado o que realmente fará uma grande diferença na vida do nosso tão esperado prêmio.

A preparação para a amamentação.

Obviamente você deve ter ouvidos milhares de comentários tais como, você não vai ter leite, peito pequeno não produz leite.

Alguns como: passa a bucha entre mil outras coisas que são desanimadores ao invés de te passar suporte.

Mas ninguém nunca falou o quão difícil é amamentar.

É preciso estar preparada psicologicamente para se tornar o melhor alimento exclusivo e principal que um bebê pode receber.

Amamentar é doação, você precisa se doar por inteiro, não há meio termo.

Foto: pixabay

Quando você recebe seu bebê nos seus braços pela primeira vez seu mundo gira de cabeça para baixo, e a primeira coisa que se pensa e agora, ele já sabe tudo né?

Esse pequeno anjo já deve ter nascido sabendo o que fazer (mamar).

Seria muito fácil se isso fosse verdade, a não ser que você tenha tido muita sorte.

Amamentar é difícil, mas muito difícil mesmo, mas não é impossível.

 

Requere uma dose de paciência, muito apoio e também de doação, você precisa se doar por inteira para embarcar nessa incrível jornada.

Grupos de apoio

Umas das melhores coisas que eu fiz após ganhar meu bebê foi procurar um grupo de apoio a amamentação.

Apesar de ter participado de um curso pré- natal por mais ou menos 6 vezes e também de ter ido ao grupo de suporte, a amamentação antes de ter a Lucy.

Esse grupo foi essencial para nossa jornada da amamentação ser um sucesso.

Foram algumas semanas de frustração, dor, choro até que nos finalmente conseguimos ter uma mamada prazerosa onde eu não chorei de dor.

Sling na amamentação

O sling

Outro aliado forte para nosso período do puerpério foi o sling.

Ele que também foi apresentado durante o grupo de amamentação como ser muito benéfico pois ajuda mamãe e bebe a criar um vínculo maior.

Muitas vezes um bebê chorando de fome pode gerar uma frustração enorme nas mamães que se sentem incapazes de produzir leite.

Tente você em casa, ficar pele a pele com seu bebe, no conforto de sling ou até mesmo nos seus braços.

Pele a pele é um ótimo método de estimulação para produção do leite assim como amamentar em livre demanda.

Procure apoio.

Procure apoio e experiências positivas, o período do puerpério e delicado.

Não desista nos primeiros obstáculos, com certeza haverá tropeços, mas isso não quer dizer que você precisa desistir.

Amamentar é como ter um super poder!

Todas nós mamães podemos se sentir assim, super poderosas.

Tem que ter aquela dose de paciência extra e muito apoio pois esta e uma jornada de pura doação.

Se quiser saber mais dos benefícios de amamentar e como fazer isso com um sling participe do Upa Slings Clube.

 

Anelise Amaral

da Upa Slings

3 thoughts on “Amamentação – de peito aberto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *